Curso Legalização Digital é Bom? Funciona? ou É Fraude?

Hoje acabei de conhecer um curso interessante chamado legalização digital e algumas pessoas me perguntaram se este curso é bom, se realmente funciona ou se não é uma fraude. Bom antes de mais nada, para você que chegou aqui pela primeira vez e está em busca de informações relevantes sobre este curso, quero deixar claro aqui que minha análise será feita de forma imparcial baseado no feedback dos alunos que já compraram o curso legalização digital.

Antes de falar se o curso é bom ou se funciona, vamos falar primeiro para quem se destina este curso. O curso legalização digital foi pensado para você que trabalha com infoprodutos na internet, e se você já é um afiliado ou produtor e precisa legalizar sua empresa, ou seja, possuir um cpnj para pagar menos impostos, o legalização digital vai te ajudar neste processo de legalização da sua empresa, porém de uma forma muito simples mostrando tudo o que você precisa fazer para pagar menos impostos e aumentar sua lucratividade perante o Governo Federal que junto com o leão abocanha até 27,5% de imposto de uma pessoa física quando a mesma passa a ganhar acima de R$1.903,98 por mês.

Legalização Digital Funciona e Fraude

No gráfico abaixo você confere quanto terá que pagar de imposto quando começar a receber acima de R$1.903,98, o governo junto com o Leão ( Receita Federal ) come incríveis 27,5% do seu dinheiro e isso deve ser declarado toda vez que você receber esta quantia. Ou seja você perde uma boa grana trabalhando como afiliado pessoa física quando começa a faturar acima de R$2000,00 seja por mês ou por dia.

GRÁFICO DE IMPOSTO PESSOA FÍSICA TETO

IRPF – Imposto de Renda Pessoa Física – 2015

Cálculo para Retenção na Fonte:

Base de cálculo mensal em R$ Alíquota % Parcela a deduzir do imposto em R$
Até 1.903,98
De 1.903,99 até 2.826,65 7,5 142,80
De 2.826,66 até 3.751,05 15,0 354,80
De 3.751,06 até 4.664,68 22,5 636,13
Acima de 4.664,68 27,5 869,36

Deduções:

Na apuração da base de cálculo podem ser deduzidos:

– R$ 189,59 por cada dependente.

– Valor descontado a título de contribuição para previdência social.

– Valor descontado a título de pensão alimentícia.

– Parcela isenta para aposentados e pensionistas acima de 65 anos: R$ 1.903,982.

– No caso de carnê-leão, também podem ser deduzidas as despesas escrituradas no Livro Caixa.

Exemplo de Cálculo:

Um indivíduo vai receber salário bruto no valor de R$ 6.000,00. Sofrerá desconto de previdência social (INSS) no valor de R$ 513,01 (11% sobre teto máximo de R$ 4.663,75) e também terá descontado o valor de R$ 500,00 a título de pensão alimentícia. Possui 2 dependentes (esposa e um filho).

Rendimento 6.000,00
– INSS 513,01
– Pensão Alimentícia 500,00
– 2 dependentes 379,18
= Valor base de cálculo 4.607,81
4.607,81 x 22,5% = 1.013,72
1.013,72 – 636,13 = 377,59
R$ 377,59 é o valor do imposto a ser retido na fonte

 

 

Veja aqui como funciona o Curso Legalização Digital e aprenda como legalizar o seu negócio na internet.


>>>AMOSTRA GRÁTIS DO CURSO DOWNLOAD AQUI<<<

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × cinco =